Preciosidade das pedras e metais


Não existe material “semi-precioso”, nem metal, nem pedra. Se ele é natural, ele é precioso, podendo ser mais ou menos. O que define seu grau de preciosidade é a raridade com a qual é achado na natureza, entre outros fatores como durabilidade, pureza, cor, entre outros.


Materiais preciosos na joalheria: platina, ouro, prata, pedras e pérolas.


Materiais não-preciosos na joalheria: alpaca, cobre, latão, plástico, resina, acrílico e pedras sintéticas.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo